Fukushima: após um ano do acidente, quais as influências nos meios: físico, biológico e antropogênico?

P. N. C. Santos, V. L. B Souza

Resumo


O trabalho consiste em uma revisão sobre o acidente na Central Nuclear de Fukushima, no Japão, devido a uma série de falhas em equipamentos e lançamento de materiais radioativos, consequência dos danos causados por um terremoto de nove graus de magnitude na escala Richter e um tsunami em 11 de março de 2011. Os resultados foram obtidos a partir de uma coletânea de dados, em jornais, revistas e artigos científicos, relatando os fatos cientificos ocorridos com o meio ambiente após o acidente nuclear. Constatou-se que os reatores liberaram para o mar 15000 TBq de Cs-137 e I-131 contaminando água, peixes e outros organismos; houve evacuação nas áreas próximas a usina, foram detectados elementos radioativos em alimentos produzidos nas regiões próximas ao acidente. Outros fatos relacionados ao acidente nos meios físico, biológico e antropogênico são relatados.

Palavras-chave


Contaminação Radioativa; Meio Ambiente; Energia Nuclear

Texto completo:

PDF/X-1A