O desenvolvimento regional do município de Vitória de Santo Antão sob a ótica da interiorização na Universidade Federal de Pernambuco: um estudo de caso

Joicy Barbalho Pires Penha, Luciano Inácio da Silva, Suely Maria da Silva, Rita Patrícia Almeida de Oliveira

Resumo


Este artigo propõe discutir as perspectivas de desenvolvimento tecnológico e econômico, resultantes do processo de Interiorização das universidades federais focalizando no Centro Acadêmico de Vitória (CAV) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Na sociedade atual, Ciência, Tecnologia e Inovação (C&T&I) são percebidas como condição para o alcance do desenvolvimento socioeconômico e nesse contexto as universidades têm papel relevante como difusoras do conhecimento cuja pulverização e democratização foram pretendidas com a política de Interiorização e expansão do ensino promovida pelo Governo Federal. Foi observado que algumas etapas da proposta de Interiorização e expansão foram alcançadas pelo CAV, como o aumento de vagas e cursos ofertados e a possibilidade de acesso ao ensino superior em localidades distintas da capital. Concluiu-se que as perspectivas para o município de Vitória de Santo Antão são de possibilidades de crescimento local e regional por meio do desenvolvimento de projetos, pesquisas e da promoção de C&T&I pelo CAV/UFPE.

Palavras-chave


Universidade; Interiorização; Desenvolvimento

Texto completo:

PDF