Lula: a crise, o discurso, as ações, e os emergentes vão às compras

Marcos Leite, Rafaela Padilha, Cristovão Brito

Resumo


O presente estudo aborda os desafios gerados no Brasil, em face da ocorrência de uma crise iniciada nos Estados Unidos da América e suas ameaças à economia brasileira, enfatizando, como o discurso associado aos atos político-econômicos, à imagem e a credibilidade do presidente Lula, foi capaz de incentivar o consumo interno brasileiro minimizando os efeitos maléficos da referida crise. Visamos também analisar a resposta da sociedade ao conjunto dessas ações quando colocadas à prova, com destaque à classe emergente, refletindo sobre o seu poder de compra e sua contribuição para atenuar às implicações danosas que tal descompasso econômico traria ao Brasil. Por fim, verificando que o País, robustecido, não permitiu que a “marola” se transformasse em tsunami.


Palavras-chave


Lula; Imagem; Discurso; Mercado; Consumo

Texto completo:

PDF/X-1A