ANÁLISE DA ADIÇÃO DE PÓ DE BRITA NO MELHORAMENTO DE UM SOLO, COM VISTAS À PAVIMENTAÇÃO

André Felipe Tenório de Holanda Silva Costa, Lucas Vazquez Sityá, Lucas Ferreira Melo Machado

Resumo


O presente estudo analisou a mistura de pó de brita em solos, bem como as possibilidades para fins de pavimentação, para utilização em camadas granulares de base e sub-base. Os resultados foram obtidos através de diversos ensaios feitos em laboratório, para verificar se o material resultante atingiria os requisitos mínimos de uso para fim de pavimentação. Concluindo-se porém que, para a aplicação sugerida, o pó de brita não melhorou o desempenho do solo em questão.

Palavras-chave


Melhoramento de solo. Pó de brita. Pavimentação.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6457: Amostra de solo – Preparação para ensaios de compactação e ensaios de caracterização. Rio de Janeiro, 2016a.

_____. NBR 6459: Determinação do Limite de Liquidez de Solos. Rio de Janeiro, 2016b.

_____. NBR 7180: Determinação do Limite de Plasticidade de Solos. Rio de Janeiro, 2016c.

_____. NBR 7181: Solo – Análise granulométrica. Rio de Janeiro, 2016d.

_____. NBR 16097: Solo – Determinação do teor de umidade – Métodos expeditos de ensaio. Rio de Janeiro, 2012.

ARAÚJO, L. M. D; FARIAS, M. M; JÚNIOR, F. M. V. Estudo de Propriedades Mecânicas de Material Fresado Visando Incorporação em Camadas de Base Rodoviária. In: Second International Symposium On Maintenance And Rehabilitation Of Pavements And Technological Control. Anais… Alabama, 2001.

BALBO, José Tadeu. Pavimentação Asfáltica: projeto, materiais e restauração. 1. Ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2007.

CAPUTO, H. P. Mecânica dos Solos e suas aplicações: fundamentos. Vol. 1, 6 Ed. Rio de Janeiro: Livro Técnicos e Científicos, 2015.

CAPUTO, H. P. Mecânica dos Solos e suas aplicações: mecânica das rochas, fundações e obras de terra. Vol. 2, 7 Ed. Rio de Janeiro: Livro Técnicos e Científicos, 2015.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE TRANSPORTES. Pesquisa CNT de Rodovias. Serviço Social do Transporte. Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, 2016.

DNER. ES-301: Pavimentação – Sub-base estabilizada granulometricamente. Rio de Janeiro, 1997a.

_____. ES-303: Pavimentação - base estabilizada granulometricamente. Rio de Janeiro, 1997b.

DNIT. ES-139: Pavimentação – Sub-base estabilizada granulometricamente – Especificação de serviço. Brasília, 2010a.

_____. ES-141: Pavimentação – Base estabilizada granulometricamente - Especificação de serviço. Brasília, 2010b.

_____. Manual de pavimentação. Rio de Janeiro: IPR, 3 ed., 2006.

_____. Solos – Compactação utilizando amostras não trabalhadas – Métodos de Ensaio. Ministério dos Transportes. Departamento Nacional de Infraestruturas de Transportes, 2013.

EMBRAPA. Perfil representativo de um Latossolo Vermelho-Escuro (LE). Disponível em: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia16/AG01/arvore/AG01_96_10112005101956.html. Acesso em: 15 maio de 2017.

MARQUES, G. L. O. Estabilização dos Solos para Fins de Pavimentação. Notas de Aula, Capítulo 4. Juiz de Fora, 2009.

NOGUEIRA, J. B. Ensaios de Laboratório. São Carlos: EESC-USP, 2005.

OLIVEIRA, Rodrigo Fidelis Viana de. Análise de dois Solos Modificados com Cimento para Dimensionamento de Pavimentos: 2011. Dissertação de Mestrado (Mestrado Profissional em Engenharia Geotécnica) – Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011. 186 p.

PINTO, C. S. Curso básico de Mecânica dos Solos. São Paulo: Oficina de Textos, 2006.

SAIBREIRA BOA ESPERANÇA. Pó de pedra. Disponível em: http://www.saibreiraboaesperanca.com.br/site/produtos/po-de-pedra-curitiba.html. Acesso em: 15 maio de 2017.

SENÇO, Wlastermiler de. Manual de Técnicas de Pavimentação: volume 1. 1. ed. São Paulo: Pini, 1997. 746 p.

___. Manual de Técnicas de Pavimentação: volume 2. 1. ed. São Paulo: Pini, 2001. 671 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2359-4942.2019v3n3p75-86