A DIMENSÃO COMPLEXA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO E PARA O TRABALHO DOCENTE: O ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS

Paulo Alves da Silva, Eda Maria de Oliveira Henriques

Resumo


O tema deste trabalho refere-se à dimensão complexa da implementação de projetos de políticas públicas para a educação, com destaque para o “Ensino Fundamental de Nove Anos”. A base epistemológica sustentada pelo paradigma da Complexidade, de Edgar Morin, associada com o Imaginário Social de Cornelius Castoriadis, deram o devido suporte teórico ao percurso metodológico. Essa escolha teórica implicou na definição de instrumentos e estratégias diferenciados, que permitiram uma leitura possível da realidade complexa a partir da análise da implementação desta política educacional no município de Jaciara, no estado de Mato Grosso. Pretendeu-se focar na relação entre o que é proposto e esperado e alguns desafios e resultados de sua execução.

Palavras-chave


Políticas Públicas. Complexidade. Imaginário Social.

Texto completo:

PDF

Referências


ARDOINO, Jacques. Para uma pedagogia socialista. Brasília: Editora Plano, 2003.

BRASIL. Presidência da República. Lei n.º 9.394/1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/ L9394.htm. Acesso em: 28 set. 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Básica. Parecer CNE/CEB nº 4, de 29 de janeiro de 1998. Diretrizes Curriculares para o Ensino Fundamental. Brasília: 1998. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/ pdf/1998/pceb004_98.pdf. Acesso em: 28 set. 2014.

BRASIL. Presidência da República. Lei n.º 11.114/2005. Altera os arts. 6o, 30, 32 e 87 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, com o objetivo de tornar obrigatório o início do ensino fundamental aos seis anos de idade. Brasília, 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Lei/L11114.htm. Acesso em: 28 set. 2014.

BRASIL. Presidência da República. Lei n.º 11.274/2006. Altera a redação dos arts. 29, 30, 32 e 87 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da ucação nacional, dispondo sobre a duração de 9 (nove) anos para o ensino fundamental, com matrícula obrigatória a partir dos 6 (seis) anos de idade. Brasília, 2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11274.htm. Acesso em: 28 set. 2014.

CASTORIADIS, Cornelius. A instituição imaginária da sociedade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

CASTORIADIS, Cornelius. As encruzilhadas do labirinto / 3: o mundo fragmentado. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

CÓRDOVA, Rogério de Andrade. Instituição, educação e autonomia na obra de Cornelius Castoriadis. Brasília: Editora Plano, 2004.

JACIARA. Prefeitura Municipal. Ciclos de Formação: Documento orientador da organização dos espaços e dos tempos nas escolas municipais de Jaciara/MT. Revista de Educação Município de Jaciara, Ano 1, n. 1, outubro de 1998. Jaciara: Editora e Gráfica Atalaia, 1998.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. 3. ed. Porto Alegre, RS: Sulina, 2007.

MORIN, Edgar. Ciência com consciência. 11. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 17. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2020v9n1p119-142


Indexada em: