ENSINO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE: CAMINHOS PERCORRIDOS EM TERRITÓRIO BRASILEIRO

Andrea Karla Ferreira Nunes, Emerson dos Santos LIma

Resumo


Este artigo tem o objetivo de evidenciar a importância da educação a distância na formação técnica profissionalizante, e pretende, especificamente, traçar o caminho do ensino técnico profissionalizante, abordando fatos, desde as primeiras leis até chegar na educação a distância, e apresentar dados que comprovam as contribuições da EAD para o ensino técnico profissionalizante. Para tanto, foi feita uma busca em bibliografias pertinentes, que o classifica como resultado de uma pesquisa bibliográfica; além de consultas em leis e decretos que abordam sobre a temática aqui abordada, dando a este artigo o viés da pesquisa documental. Com base nos dados coletados, através dos documentos e bibliografias consulados, conclui-se que a educação a distância tornou-se grande aliada no processo de formação técnica dos estudantes brasileiros e altamente relevante para o avanço dos cursos técnicos profissionalizantes, visto que cresce a oferta e a procura por cursos nesta modalidade.

Palavras-chave


Cursos Profissionalizantes. Educação a Distância. Formação Técnica. Leis.

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

ABED, Associação Brasileira de Educação a Distância. Censo EAD.BR: Relatório Analítico da Aprendizagem a Distância no Brasil 2014. FGV Online, Curitiba: Ibpex, 2017.

BRASIL, Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico. Parecer 16, de 5 de outubro de 1999. Disponível em Acesso em: 15 Ago.. 2018.

BRASIL, Câmara dos Deputados. Lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em Acesso em: 31 Jul. 2018.

BRASIL, Presidência da República, Subchefia para Assuntos Jurídicos, Lei nº 5.692, de 11 de agosto de 1971. Disponível em Acesso em: 25 Jul. 2018.

BRASIL, Presidência da República, Subchefia para Assuntos Jurídicos, Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em Acesso em 18 Ago. 2018.

BRASIL, Presidência da República, Subchefia para Assuntos Jurídicos, Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004. Disponível em Acesso em: 15 Ago. 2018.

BRASIL, Presidência da República, Subchefia para Assuntos Jurídicos, Decreto nº 2.208, de 17 de abril de 1997. Disponível em Acesso em: 26 Ago. 2018.

BRASIL, Ministério da Educação. Mapa da Educação Profissional e Tecnológica: experiências internacionais e dinâmicas regionais brasileiras. – Brasília, DF. Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2015. Disponível em Acesso em: 1 Set. 2018.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios. Disponível em Acesso em: 28 Ago. 2018.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Educação e qualificação profissional: 2014. Coordenação de Trabalho e Rendimento, Rio de Janeiro, IBGE, 2017. Disponível em < https://bibliot eca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv100061.pdf> Acesso em: 1 Set. 2018.

DIAS, Rosilâna Aparecida; LEITE, Lígia Silva. Educação a distância: Da legislação ao pedagógico. 2. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

MIMESSE, Eliane. O Ensino profissional obrigatório de 2º grau nas décadas de 70 e 80 e as aulas dos professores de história. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n.26, p105–113, jun. 2007. Disponível em Acesso em: 20 Ago. 2018.

MOURA, Dante Henrique; GARCIA, Sandra Regina de Oliveira; RAMOS, Marise Nogueira. Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio. Documento Base, Brasília, 2007. Disponível em Acesso em: 1 Ago. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2019v7n3p155-168


Indexada em: