ENSINO DE ARTE E FORMAÇÃO DOCENTE: metodologias e grade curricular de cursos de Pedagogia no Paraná

Diego Geovan dos Reis, Poliana Fabíula Cardozo, Viviane Cristina Princival

Resumo


O presente estudo versa acerca da formação docente para o ensino de arte. De um modo específico, desenvolve-se aqui uma reflexão a partir de pesquisa online na grade curricular de cursos de graduação em Pedagogia de dez universidades paranaenses com o intuito de localizar o ensino de arte nas metodologias de ensino na formação do professor pedagogo, que comumente atua com o ensino de arte nos anos iniciais da educação básica. Realiza-se igualmente nesta pesquisa, uma revisão bibliográfica ao que concerne ao ensino de arte, bem como ao amparo legislativo para a arte na educação básica, por meio da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDBEN, e suas respectivas alterações em relação a este conteúdo. Embora garantido por lei, o ensino de arte ainda perpassa outros desafios como o da própria formação docente, uma vez que há escassez em professores egressos do curso de Arte nas séries iniciais da educação básica e é o professor pedagogo que atua no desenvolvimento desta disciplina. Visando entender qual vêm a ser o tratamento dado pelos cursos de graduação em Pedagogia no estado do Paraná para o ensino de Arte nas metodologias de ensino de suas grades curriculares, firma-se, portanto, a presente reflexão.

Palavras-chave: Formação de professores. Ensino de Arte. Metodologia de ensino.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2018v6n2p107–118


Indexada em: