E O VERBO RESSIGNIFICOU HISTÓRIAS: intervenção com meninas em cumprimento de medidas sócio-educativas.

Edlamar Jesus França

Resumo


Este artigo discute uma experiência de intervenção com adolescentes de uma instituição de atendimento sócio-educativo, no estado da Bahia e se realizou através de Oficinas de Histórias de Vida, tendo como referencial teórico textos da interface entre a psicologia e a educação. Esta intervenção resultou na mudança do olhar das adolescentes em relação a si mesmas e aos outros, na ressignificação de suas histórias e na redução de agressões entre elas no alojamento, segundo relatos dos profissionais da instituição.

Palavras-chave


Formação em Psicologia; pesquisa-intervenção; escuta de adolescentes em cumprimento de medidas sócio-educativas; oficinas de histórias de vida.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETTO, K. D. Ética no acompanhamento terapêutico: andanças com Dom Quixote e Sancho Pança. São Paulo: Unimarco, 2000.

FUNDAÇÃO PROJETO TRAVESSIA. Histórias reais. São Paulo, 2003.

GALDINI, V., AGUIAR, W.M. J. Intervenção junto a professores da rede pública: potencializando a produção de novos sentidos. In: MELILLO MEIRA, M. E., MAKINO ANTUNES, M. A. (orgs.). São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

GOFFMAN, E. Manicômios, Prisões e Conventos. São Paulo: Perspectiva, 1961.

GONÇALVES FILHO, J. M. Humilhação social: humilhação política. In: PAULA SOUZA, B. (org.). Orientação à queixa escolar. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2007.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA. Estatuto da Criança e do Adolescente. 1990.

KUPFER, M. C. M. O que toca à/a psicologia escolar. In: MARCONDES MACHADO, A., SOUZA, M. P. R. (orgs.). Psicologia escolar: em busca de novos rumos. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1997.

ROCHA, M. L., AGUIAR, K. F. Pesquisa-intervenção e a Produção de Novas Análises. Psicol. cienc. prof., dez. 2003, vol.23, no.4, p.64-73. ISSN 1414-9893.




DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2016v4n3p115-128


Indexada em: