Luz, Câmera e Educação: a pedagogia do cinema na formação de professores

Albano Goes Souza, Edson Victor Lima Mendonça, Ronaldo Nunes Linhares

Resumo


Pensar o cinema enquanto prática pedagógica é elucidar a complexidade do processo de educação e de como o olhar pode ser direcionado para esse foco, bem como questões culturais que envolvem este processo. A partir disso, o presente artigo tem por objetivo estudar a utilização de filmes no processo de formação docente inicial das licenciaturas em História, Geografia, Educação Física, Matemática, Biologia, Letras-Português, Letras-Inglês e Informática da Universidade Tiradentes (UNIT). É utilizado como método norteador da pesquisa, o qualitativo, voltado para análise e interpretação, tanto dos dados obtidos, quanto dos resultados alcançados.  Esse artigo é análise do projeto intitulado “Filmes sobre Professor: análise da utilização e contribuição para identidade de professores sergipanos em formação”, desenvolvido no Grupo de Estudos Comunicação, Educação e Sociedade (GECES/CNPQ) com o apoio financeiro da Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (FAPITEC-SE).


Palavras-chave


Educação; Formação de Professores; Cinema

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2012v1n1p09-20


Indexada em: