O “EU” E O “OUTRO”: A QUESTÃO DA ALTERIDADE NAS RELAÇÕES ESCOLARES

Bianca Sthephanny Martins Gomes, Cristiano de Jesus Ferronato

Resumo


O presente artigo tem como objetivo contextualizar o tema da alteridade investigando o quanto o “outro” tem influência sobre minha liberdade e o que sou, baseando-nos na afirmação de Sartre que diz “o outro detém um segredo: o segredo do que eu sou”. A pesquisa foi feita tendo como aporte metodológico entrevistas realizadas com professoras (es) de escolas rurais da Rede Básica do município de Propriá, em Sergipe na região do Baixo São Francisco. Para alcançar o objetivo proposto relacionamos a alteridade na identidade docente. O referencial teórico do trabalho está ancorado nos escritos de BEZERRA (2011, 2017), GALLO (2008), FURTADO (2011) e ORSO (2016), estes autores definem a alteridade como um todo e sua influência em sala de aula. A partir da pesquisa concluímos que o tema da alteridade ainda precisa ser amplamente explorado nas escolas e oportunidades necessitam ser criadas para que professores tomem consciência acerca do tema.

Palavras-chave


identidade; alteridade; afetividade

Texto completo:

PDF