CONDIÇÕES DE UM TRABALHO DIGNO NO MANEJO DA CASTANHA NA CIDADE SERGIPANA DE ITABAIANA E OS IMPACTOS DA MODERNIZAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS

  • Alexandro Nascimento Argolo Mestre em Direitos Humanos – UNIT-SE; Especialista em Teorias do Estado e Direito Público – UNIT-SE; Graduado em Direito – UNIT-SE; Advogado.
  • Fran Espinoza Professor titular Mestrado em Direitos Humanos, Universidade Tiradentes, (UNIT), Brasil.
Palavras-chave: Trabalho Digno, Meio Ambiente do Trabalho, Novas Tecnologias no Trabalho, Manejo da Castanha.

Resumo

Esta pesquisa analisou in loco como se opera o manejo da castanha de caju, em especial, junto as comunidades familiares que trabalham com a cajucultura nos povoados de Carrilho, Dendezeiro e Tabocas, no município de Itabaiana, Sergipe. O estudo em questão considerou um tema de pesquisa agrícola brasileiro inserido na dinâmica da agricultura familiar e em crescimento na região Nordeste principalmente na última década: a cajucultura ou o manejo para o beneficiamento da castanha de caju. No estado de Sergipe, e de forma particular no município de Itabaiana, a produção da castanha de caju tem apresentado elementos que o diferenciam das demais áreas produtoras desse item no território brasileiro, principalmente no aspecto da tradição e da dinâmica do trabalho familiar no processo de beneficiamento. Quanto a abordagem, a pesquisa é qualitativa, de natureza aplicada, e quanto aos seus objetivos trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva e explicativa de fenômenos que vão além do olhar jurídico sobre o objeto. Com procedimento de revisão bibliográfica, documental, realizando pesquisa de campo que levou a reflexão a um locus específico com um olhar etnográfico. O principal objetivo es (re)pensar o trabalho rural sob a ótica das novas tecnologias sob o viés do trabalho digno na contemporaneidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandro Nascimento Argolo, Mestre em Direitos Humanos – UNIT-SE; Especialista em Teorias do Estado e Direito Público – UNIT-SE; Graduado em Direito – UNIT-SE; Advogado.
Professor titular Mestrado em Direitos Humanos, Universidade Tiradentes, (UNIT), Brasil. PhD em Estudos Internacionais, Universidade de Deusto, Espanha. Pós-doutorado em Políticas Públicas, Universidade Federal do Paraná, Brasil. Foi Researcher Marie Curie Action, Initial Network SPBuild (Comissão Europeia).
Publicado
2020-04-15
Como Citar
Argolo, A. N., & Espinoza, F. (2020). CONDIÇÕES DE UM TRABALHO DIGNO NO MANEJO DA CASTANHA NA CIDADE SERGIPANA DE ITABAIANA E OS IMPACTOS DA MODERNIZAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS. Interfaces Científicas - Humanas E Sociais, 8(3), 136-159. https://doi.org/10.17564/2316-3801.2020v8n3p136-159
Seção
Artigos