As mulheres de saia com ícones identitários e de identificação: trajetórias femininas negras em Salvador

  • Francisco Antônio Nunes Neto Universidade Federal da Bahia Doutorado em Cultura e Sociedade/IHAC Universidade do Estado da Bahia Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias/Campus V
Palavras-chave: Ícone, Identidades, Mulher Negra, Representação, Bahia

Resumo

Utilizando como aporte teórico as questões propostas por Roger Chartier, sobre as práticas e as representações das culturas e das problematizações estabelecidas nos estudos culturais, sobre identidades e processos de identificação, este artigo discute, introdutoriamente, como as mulheres negras que atuavam no comércio de rua em Salvador tornaram-se ícones culturais na Bahia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Antônio Nunes Neto, Universidade Federal da Bahia Doutorado em Cultura e Sociedade/IHAC Universidade do Estado da Bahia Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias/Campus V
Doutorando em Cultura e Sociedade (UFBA/IHAC), Mestre em História Social (UFBA/FFCH, 2005), Especialista em Desigualdades Raciais e Educação (UFBA/CEAO, 2004) e Licenciado em História (UEFS, 1999).
Publicado
2013-06-28
Como Citar
Nunes Neto, F. A. (2013). As mulheres de saia com ícones identitários e de identificação: trajetórias femininas negras em Salvador. Interfaces Científicas - Humanas E Sociais, 1(3), 41-50. https://doi.org/10.17564/2316-3801.2013v1n3p41-50
Seção
Artigos