A ATUAÇÃO PROFISSIONAL NOS CAPS FUNDAMENTADA NA REFORMA PSIQUIÁTRICA

  • Gabriela Costa Moura Centro Universitário Tiradentes
  • Akylla Crysllaynne da Silva Centro Universitário Tiradentes - UNIT
  • Ana Paula Carvalho Rocha Centro Universitário Tiradentes - UNIT
Palavras-chave: Reforma Psiquiátrica. CAPS. Atuação profissional.

Resumo

A Reforma Psiquiátrica trata-se de um processo oriundo de diversos movimentos, no qual entende-se que todo sujeito deve ser tratado de forma humanizada e observado para além do fator biológico, não devendo ser reduzido apenas ao seu estado mental. Na década de 1960, período coincidente com a ditadura militar, houve um grande aumento de hospitais psiquiátricos. Cujo o critério para as internações não se baseava apenas no diagnóstico clínico, mas tratava-se de uma limpeza social, no qual por muitas vezes não existia profissional qualificado para lidar com as demandas, resultando assim em descasos e maus tratos. Sendo assim, este presente trabalho tem como objetivo geral analisar a importância da atuação profissional baseada na vertente de desinstitucionalização. Para tanto foi utilizada metodologia de caráter qualitativo, onde foi realizada revisão sistemática de literatura com pesquisas através de banco de dados Scielo e livro, cujas publicações ocorreram no período de 2004 à 2016, bem como, a Lei 10.216/2001 e portarias que norteiam os cuidados em saúde mental, a mencionar: nº 3099/2011, GM 3088/2011, 3089/2011, 3090/2011, 245/2005, 336/2002. Observou-se que apesar da lei determinar a efetivação de um novo modelo de atendimento em saúde mental, não há a consolidação da mesma de modo satisfatório na política pública.

Biografia do Autor

Gabriela Costa Moura, Centro Universitário Tiradentes
Psicologia , Psicanálise.
Akylla Crysllaynne da Silva, Centro Universitário Tiradentes - UNIT
Psicologia.
Ana Paula Carvalho Rocha, Centro Universitário Tiradentes - UNIT
Psicologia

Referências

ARBEX. D. Holocausto Brasileiro. 1. ed. – São Paulo: Geração Editorial, 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. AS/DAPES. Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e outras drogas. Saúde Mental em Dados – 10, Ano VII, nº 10, Brasília, 2012. 28 p.

BRASIL. Lei 10.216 de 06 de abril de 2001 Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10216.htm> acessado em 03 de ago. 2017.

BRASIL. Portaria Nº 336, de 19 de fevereiro de 2002 Disponível em < http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2002/prt0336_19_02_2002.html> acessado em 03 de ago. 2017.

FILIZOLA, C. L. A.; MILIONI, D. B.; PAVARINI, S. C. I. A vivência dos trabalhadores de um caps diante da nova organização do trabalho em equipe. Revista Eletrônica de Enfermagem [Internet]. 2008;10(2):491-503. Disponível em < http://www.fen.ufg.br/revista/v10/n2/v10n2a20.htm> acessado em 22 de set. 2017.

HIRDES, A. A reforma psiquiátrica no Brasil: uma (re)visão. Ciência & Saúde Coletiva, 14(1): pp. 297-305, 2009.

LARA, G. A. de.; MONTEIRO, J, K. Os psicólogos na atenção às psicoses nos CAPS. Arquivos Brasileiros de Psicologia; Rio de Janeiro, 64 (3): pp.76-93, 2012.

MOURA, H. C. E. A Relação entre Público e Privado na Política de Saúde Mental em Saúde em Maceió-AL no Contexto da Reforma Psiquiátrica. Dissertação de Mestrado em Serviço Social. Universidade Federal de Alagoas. Maceió, 2016.

PITTA, A.M. F.; Um balanço da Reforma Psiquiátrica Brasileira: Instituições, Atores e Políticas. Ciência & Saúde Coletiva, 16(12): pp. 4579-4589, 2011.

RAMMINGER, T.; BRITO, J. C. de. “Cada CAPS é um CAPS”: uma análise dos recursos, meios e normas presentes nas atividades dos trabalhadores da saúde mental. Psicologia & Sociedade; pp. 150-160, 2011.

RIBEIRO, A. C. Os centros de atenção psicossocial com espaço promotores de vida: relatos da desinstitucionalização em Alagoas. Ver Ter Ocup Univ São Paulo. Pp. 174-82, 2013.

RIBEIRO, M. C. Trabalhadores dos centros de atenção psicossocial de Alagoas, Brasil: interstícios de uma nova prática. Interface (Botucatu). pp.95-107, 2015.

Publicado
2020-04-30
Como Citar
Moura, G. C., Silva, A. C. da, & Rocha, A. P. C. (2020). A ATUAÇÃO PROFISSIONAL NOS CAPS FUNDAMENTADA NA REFORMA PSIQUIÁTRICA. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - ALAGOAS, 6(1), 37. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitshumanas/article/view/7164
Seção
Artigos