UMA "INCLUSÃO EXCLUDENTE": CONDIÇÕES DE VIDA E CIDADANIA DA POPULAÇÃO NEGRA ATRAVÉS DE ÍNDICES SOCIAIS E ECONÔMICOS NO BRASIL

Autores

  • Marcelo Góes Tavares Faculdade Integrada Tiradentes - FITS
  • Tatiana Iris Lima Holanda Faculdade Integrada Tiradentes - FITS
  • Juliana Krizan Rodrigues Teixeira Faculdade Integrada Tiradentes - FITS
  • Gabriella Fauth Baum de Oliveira Faculdade Integrada Tiradentes - FITS

Palavras-chave:

Negro, inclusão-exclusão, índices sociais, cidadania

Resumo

Este artigo tem como objetivo uma análise de índices sociais e econômicos no Brasil contemporâneo de modo a evidenciar nestes, condições de vida e posição social da população negra em nossa sociedade. Foram coletados dados referentes às populações negras e brancas, dando ênfase para as capitais com população “predominantemente negras” e “predominantemente brancas” e seus respectivos IDH’s. A análise desses dados foi balizada por uma problematização sobre as relações étnico-raciais no Brasil partindo da constatação do paradoxo inclusão/exclusão. Entendemos que este paradoxo é resultante do modelo de sociedade capitalista e do próprio processo sócio-histórico de construção do Brasil marcado pela experiência da escravidão. Mesmo após a abolição desse regime de trabalho, nossa sociedade ficou marcada na contemporaneidade por um legado de profundas desigualdades sociais entre negros e brancos, apesar do pressuposto democrático de igualdade de oportunidades e direitos. Desse modo, um estudo comparativo de índices sociais que refletem as condições sociais de negros e brancos em nossa sociedade é salutar para compreensão de nossas relações étnico-raciais e cidadania.

Biografia do Autor

Marcelo Góes Tavares, Faculdade Integrada Tiradentes - FITS

Historiador e docente na Faculdade Integrada Tiradentes – FITS. É Doutorando em História na linha de pesquisa de Cultura e Memória da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Possui mestrado em História pela Universidade de Brasília - UnB na linha de  pesquisa de História Cultural.  Concentra estudos e pesquisas nas áreas de  história, Brasil República, cultura, memória, trabalho, patrimônio, etnia e identidades.

Tatiana Iris Lima Holanda, Faculdade Integrada Tiradentes - FITS

Acadêmica do Curso de Psicologia da Faculdade Integrada Tiradentes – FITS.

Juliana Krizan Rodrigues Teixeira, Faculdade Integrada Tiradentes - FITS

Acadêmica do Curso de Psicologia da Faculdade Integrada Tiradentes – FITS.

Gabriella Fauth Baum de Oliveira, Faculdade Integrada Tiradentes - FITS

Acadêmica do Curso de Psicologia da Faculdade Integrada Tiradentes – FITS.

Referências

ALAGOAS É O ESTADO BRASILEIRO ONDE MAIS SE MATAM HOMENS NEGROS. Disponível em: <http://aquiacontece.com.br/noticia/2013/11/19/alagoas-e-o-estado-brasileiro-onde-mais-se-matam-homens-negros> Acesso em: 29/11/2013.

BLATT, I. A Universidade do século XXI: lugar de exclusão ou inclusão social? Disponível em: <http://www.unirevista.unisinos.br/_pdf/UNIrev_Blatt.pdf>. Acesso em: 20.11.2013

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Indicadores e Dados Básicos – IDB 2012. Disponível em: <http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/idb2012/matriz.htm>. Acesso em: 19.11.13

CONTRAF. Desigualdades entre negros e brancos crescem, aponta II Forum Nacional. Disponível em: http://www.contrafcut.org.br/noticias.asp?CodNoticia=36468. Acesso em: 09.02.2014.

FUNDO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A INFÂNCIA - UNICEF. Infância e adolescência no Brasil. http://www.unicef.org/brazil/pt/activities.html. Acesso em: 08.02.2014.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA; SISTEMA DE PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO. A situação dos negros no mercado de trabalho da região metropolitana de Salvador. Nov. 2008. . Disponível em: <http://www.dieese.org.br/analiseped/2008/2008pednegrosssa.pdf>. Acesso em: 19.11.13

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Indicadores sociais municipais. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/indicadores_sociais_municipais/indicadores_sociais_municipais.pdf>. Acesso em: 19.11.13

GOMES, Joaquim Benedito Barbosa; SILVA, Fernanda Duarte Lopes Lucas da. As ações afirmativas e os processos de promoção da igualdade efetiva. In: Série Cadernos do CEJ. Seminário internacional - as minorias e o direito. V.24, Ano 2003. Disponível em: < http://daleth.cjf.jus.br/revista/SerieCadernos/Vol24/artigo04.pdf> acesso em 23.11.2013.

MOTA, L. D. Introdução ao Brasil: Um banquete no trópico, 1. 4 ed. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2004.

NASCIMENTO, J. Ações afirmativas e políticas públicas de inclusão social. Disponível em: <http://meuartigo.brasilescola.com/sociologia/acoes-afirmativas-politicas-publicas-inclusao-social.htm>. Acesso em: 20.11.2013

PAIXÃO, M.; ROSSETTO, I.; MONTOVANELE, F; CARVANO, L. M. (Orgs.). Relatório Anual das Desigualdades Raciais no Brasil. 2009-2010. Disponível em: <http://www.laeser.ie.ufrj.br/PT/relatorios%20pdf/Relat%C3%B3rio_2009-2010.pdf>. Acesso em: 20.11.2013

PNUD. Atlas Brasil 2013. Disponível em: <http://www.pnud.org.br/arquivos/ranking-idhm-2010.pdf>. Acesso em 20.11.2013

SANTIAGO, M. E. É possível uma sociedade sem exclusão? Disponível em: <http://www.ipfp.pt/cdrom/Pain%E9is%20Dial%F3gicos/Painel%20B%20-%20Sociedade%20sem%20exclus%E3o/elietesantiago.pdf>. Acesso em: 20.11.2013

SAWAIA, B. As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. 10 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

SOCIEDADE AFROBRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO SÓCIO CULTURAL. Pesquisa aponta que desigualdade de renda entre negros e brancos ainda é enorme. Disponível em: http://www.afrobras.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=110:pesquisa-aponta-que-desigualdade-de-renda-entre-negros-e-brancos-ainda-e-enorme&catid=38:pesquisas&Itemid=73 Acesso em: 19/11/2013.

ZAMPARONI, V. Estudos africanos no Brasil: Veredas. In Revista de Educação Pública, 1995. Disponível em: http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=522. Acesso em: 11.02.14

Downloads

Publicado

2014-05-21

Como Citar

Tavares, M. G., Holanda, T. I. L., Teixeira, J. K. R., & Oliveira, G. F. B. de. (2014). UMA &quot;INCLUSÃO EXCLUDENTE&quot;: CONDIÇÕES DE VIDA E CIDADANIA DA POPULAÇÃO NEGRA ATRAVÉS DE ÍNDICES SOCIAIS E ECONÔMICOS NO BRASIL. Caderno De Graduação - Ciências Humanas E Sociais - UNIT - ALAGOAS, 2(1), 71–86. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitshumanas/article/view/1403