DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES SOCIAIS EM CRIANÇAS AUTISTAS QUE POSSUEM CONTATO COM ANIMAIS

  • Edilene dos Santos Gomes
  • Isabella dos Santos Vieira
  • Karolainy Farias da Silva
  • Thaisa Karla dos Santos Teixeira
  • Keysse Suellen Fidelis de Mesquita
  • Givânya Bezerra de Melo CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES - MACEIÓ http://orcid.org/0000-0001-8951-4881
Palavras-chave: Autismo. Animais, Crianças e Habilidades.

Resumo

Este estudo tem como objetivo identificar como as crianças autistas desenvolvem habilidades a partir do contato interativo com animais independentemente de qual seja foram identificadas habilidades como, melhora na comunicação entre as crianças e seus familiares, os animais mais utilizados para essa terapia foram, cachorros e cavalos. Trata- se de uma revisão integrativa de literatura a fim de responder à questão norteadora “Como se dá o desenvolvimento de habilidades sociais em crianças autistas a partir do contato interativo com animais”? O levantamento de artigos foi realizado com o uso de estratégias de buscas com a combinação dos seguintes descritores “transtorno autístico, terapia assistida por animais e criança” nas bases de dados MEDLINE, LILACS e BDENF. O trabalho foi constituído por uma amostra de onze artigos, que foram escolhidos depois de ter seguido três etapas leituras dos títulos, leitura dos resumos e texto na íntegra. A leitura ressalta que a interação entre animais e crianças autistas facilita o desenvolvimento social contribuindo na sua comunicação e afetividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilene dos Santos Gomes
Estudante de enfermagem da Unit
Isabella dos Santos Vieira
Estudante de enfermagem da Unit
Karolainy Farias da Silva
Estudante de enfermagem da Unit
Thaisa Karla dos Santos Teixeira
Estudante de enfermagem da Unit
Keysse Suellen Fidelis de Mesquita
Mestra em enfermagem. Docente do Centro Universitário Tiradentes - Maceió. Especialista em Saúde Mental.
Givânya Bezerra de Melo, CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES - MACEIÓ
Mestra em enfermagem. Docente do Centro Universitário Tiradentes - Maceió. Especialista em Saúde Mental.

Referências

ANDERSON. Sophie; MEU. Kerstin, Relatório Breve: Os Efeitos das Atividades Assistidas por Equinos no Funcionamento Social de Crianças e Adolescentes com Transtorno do Espectro do Autismo. J Autism Dev Disord; 46 (10): 3344-52, 2016 10.

BORGI. Marta; LOLIVA. Dafne; CERINO. Stefania; CHIAROTTI. Flavia; VENEROSI. Aldina; BRAMINI. Maria; NONNIS. Enrico; MARCELLI. Marco, VINTI. Claudia; DE SANTIS. Chiara; BISACCO. Francesca; FAGERLIE. Monica; FRASCARELLI. Massimo; CIRULLI. Francesca, Eficácia de um programa padronizado de terapia assistida por eqüinos para crianças com transtorno do espectro do autismo. J Autism Dev Disord; 46 (1): 1-9, 2016 jan.

BRASIL. Ministério da Saúde. Diretrizes de atenção à reabilitação da pessoa com transtorno de espectro do autismo (TEA). Brasília; 2014.

BRASIL. Organização Pan-Americano da Saúde (OPA). Folha Informativa- Transtorno do Espectro Autista. Atualizada em abril de 2017.

HALL. Sophie Susannah; WRIGHT. Hannah F; MILLS. Daniel Simon, Quais fatores estão associados aos efeitos positivos da posse de cães em famílias com crianças com transtorno do espectro do autismo? O desenvolvimento da escala do impacto do cão de estimação do autismo de Lincoln. PLoS One; 11(2): e0149736,2016.

LANNING. Beth A; BAIER. Margaret E Matyastik; IVEY-HATZ. Julie; KRENEK. Nancy; TUBB. Jack D, Efeitos de atividades assistidas por eqüinos no transtorno do espectro do autismo. J Autism Dev Disord; 44 (8): 1897-907, 2014 Ago.

MARINHO. Grandgeorge, TORDJMAN. Sylviei, LAZARTIGUES. Alain. LEMONNIER. Eric, DELEAU. Michel, HAUSBERGER. Martine, A chegada de animais de estimação aciona comportamentos pró-sociais em indivíduos com autismo. PLoS ONE 7 (8): e41739. Disponível em <https://doi.org/10.1371/journal.pone.0041739>, 2012. Acesso em: 07, jun. 2019.

MENDONÇA. Maria Edjane de; SILVA. Rejane Rodrigues da; FEITOSA. Maria José de Sa; PEIXOTO. Sandra Patrícia Lamenha, A terapia assistida por cães no desenvolvimento de crianças com deficiência intelectual. Caderno de graduação: Ciências Biológicas e da Saúde, 2014.

MESQUINHA. Jessie D; PAN. Zhaoxing; DECHANT. Briar; GABRIELS. Robin L, Efeitos de Crossover Equitação terapêutica de comportamentos de apego com animais de estimação da família em uma amostra de crianças com transtorno do espectro do autismo. Res Res Saúde Pública; 14 (3) 2017 03 03.

O'HAIRE. Marguerite E; MCKENZIE. Samantha J; BECK. Alan M; MASSACRE. Virgínia, Comportamentos sociais aumentam em crianças com autismo na presença de animais em comparação com brinquedos. PLoS One; 8 (2): e57010, 2013.

OLIVEIRA. De Ribeiro Glicia, ICHITANI. Tatiane, CUNHA. Claudia Maria, Atividade assistida por animais: efeitos na comunicação e interação social em ambiente escolar. Distúrb Comun, São Paulo, 2016.

POSAR. Annio; VISCONTI. Paola; Autismo 2016: Necessidades de Resposta. Jornal de pediatria, 2016.

SALGUEIRO. Emílio; NUNES. Laura; BARROS. Alexandra; MAROCO. João; SALGUEIRO. Ana Isabel; DOS SANTOS. Manuel E, Efeitos de um programa de interação com golfinhos em crianças com transtornos do espectro do autismo: uma pesquisa exploratória. BMC Res Notes; 5: 199, 2012 26 de abril.

VOLKMAR. Fred R; WISNER. Lisa A. Autismo: Guia Essencial para Compreensão e Tratamento. Editora Artmed 2017.

WILLIAMS. Joanne M; HARRIS. Androulla, O impacto de uma intervenção equestre no funcionamento social de crianças com alteração do transtorno do espectro autista. Int J Environ Res Saúde Pública, 2016.

Publicado
2020-11-08
Como Citar
Gomes, E. dos S., Vieira, I. dos S., da Silva, K. F., Teixeira, T. K. dos S., de Mesquita, K. S. F., & de Melo, G. B. (2020). DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES SOCIAIS EM CRIANÇAS AUTISTAS QUE POSSUEM CONTATO COM ANIMAIS. Caderno De Graduação - Ciências Biológicas E Da Saúde - UNIT - ALAGOAS, 6(2), 101. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/fitsbiosaude/article/view/7493
Seção
Artigos