PROPOSTA PARA ADIÇÃO DE CINZA DO BAGAÇO DE CANA-DE-AÇÚCAR COMO MATERIAL POZOLÂNICO EM PAVIMENTAÇÕES

  • Ana Carolina Amaral Silva Graduanda em Engenharia Civil pelas Faculdades Integradas de Cacoal - UNESC Rondônia.
  • Talles Jaruzo Moraes Graduando em Engenharia Civil pelas Faculdades Integradas de Cacoal - UNESC Rondônia.
  • Lucas Ferreira Melo Machado Doutorando em Engenharia Civil pela UFRGS, Porto Alegre - Rio Grande do Sul; Mestre e Bacharel em Engenharia Civil pela UFS, São Cristóvão - Sergipe.
Palavras-chave: Estabilização. Cinza do Bagaço da cana de açúcar. Sustentabilidade.

Resumo

Este artigo sugere uma maneira sustentável de reutilizar a cinza do bagaço da cana de açúcar em obras de pavimentação. Os experimentos foram realizados visando utilizar a cinza como uma adição no uso de solo cimento diminuindo de forma parcial o consumo de cimento Portland, para aplicação em pavimentação rodoviária como base e sub base para baixo volume de tráfego. Foram realizados ensaios de caracterização de solo, ensaios de compactação, umidade higroscópica e ensaio de Índice de Suporte Califórnia. Apresentando, para este último, resultados satisfatórios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Amaral Silva, Graduanda em Engenharia Civil pelas Faculdades Integradas de Cacoal - UNESC Rondônia.
Graduanda em Engenharia Civil pelas Faculdades Integradas de Cacoal - UNESC Rondônia.
Talles Jaruzo Moraes, Graduando em Engenharia Civil pelas Faculdades Integradas de Cacoal - UNESC Rondônia.
Graduando em Engenharia Civil pelas Faculdades Integradas de Cacoal - UNESC Rondônia.
Lucas Ferreira Melo Machado, Doutorando em Engenharia Civil pela UFRGS, Porto Alegre - Rio Grande do Sul; Mestre e Bacharel em Engenharia Civil pela UFS, São Cristóvão - Sergipe.
Doutorando em Engenharia Civil pela UFRGS, Porto Alegre - Rio Grande do Sul; Mestre e Bacharel em Engenharia Civil pela UFS, São Cristóvão - Sergipe.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6457: Amostras de solo - Preparação para ensaios de compactação e ensaios de caracterização. Rio de Janeiro, 2016a.

_____. NBR 7182: Solo - Ensaio de compactação. Rio de Janeiro, 2016b.

_____. NBR 9895: Solo - Índice de suporte Califórnia (ISC) - Método de ensaio. Rio de Janeiro, 2016c.

ASTM. D3282-15: Standard Practice for Classification of Soils and Soil-Aggregate Mixtures for Highway Construction Purposes. ASTM International, West Conshohocken, PA, 2015.

BARBOSA, M.F., LIMA, E., PIRES SOBRINHO, C.W.A. Estudo de argamassas com adições de cinza de casca de arroz e cinza de cana-de-açúcar. In: Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. Anais... Florianópolis, 1998.

CONAB. Acompanhamento da safra brasileira: Cana-de-açúcar – Safra 2017/2018. Brasília: Conab, V.4, N.1. 2017.

DNER. ME-051: Solos - Análise Granulométrica. Rio de Janeiro, 1994a.

_____. ME-082: Solos - determinação do limite de plasticidade. Rio de Janeiro, 1994b.

_____. ME-122: solos – determinação do limite de liquidez – método de referência e método expedito. Rio de Janeiro, 1994c.

DNIT. ES-139: Pavimentação – Sub-base estabilizada granulometricamente – Especificação de serviço. Brasília, 2010a.

_____. ES-141: Pavimentação – Base estabilizada granulometricamente - Especificação de serviço. Brasília, 2010b.

_____. Manual de pavimentação. Rio de Janeiro: IPR, 3 ed., 2006.

LOPES, L.S.E. Análise do Comportamento Mecânico e Ambiental de Misturas Solo-Cinzas de Carvão Mineral para Camadas de Base de Pavimentos: 2011. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós Graduação em Geotecnia, Departamento de Engenharia Civil, PUC. Rio de Janeiro. 2011.

PAULA, M.O de, TINÔCO, I. de. F.F, RODRIGUES, C. de. S, SILVA, E.N. da, SOUZA, C. de. F. Potencial da cinza do bagaço da cana-de-açúcar como material de substituição parcial de cimento Portland. Revista brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. Campina Grande: UAEA/UFCG, 2008.

Publicado
2020-04-15
Como Citar
Silva, A. C. A., Moraes, T. J., & Machado, L. F. M. (2020). PROPOSTA PARA ADIÇÃO DE CINZA DO BAGAÇO DE CANA-DE-AÇÚCAR COMO MATERIAL POZOLÂNICO EM PAVIMENTAÇÕES. Interfaces Científicas - Exatas E Tecnológicas, 4(1), 21-30. https://doi.org/10.17564/2359-4942.2020v4n1p21-30
Seção
Artigos