ANÁLISE DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS INTERNAÇÕES HOSPITALARES DE PACIENTES COM DPOC NO SUS EM SERGIPE: DO ANO DE 2018

  • Rubia Vanessa Gomes Enfermeira pela Universidade Tiradentes.
  • Thais Santos Cunha Enfermeira pela Universidade Tiradentes. Estância-Sergipe, Brasil. E-mail: thais.cunha05@hotmail.com
  • Luan Araújo Cardozo Enfermeiro. Mestre em Biotecnologia pela Universidade Tiradentes. Professor Assistente do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes. E-mail:luan10cardozo@hotmail.com
  • Sr. ª Rebecca Maria Oliveira de Góis Professor Assistente I - UNIT
Palavras-chave: DPOC, Internação, Mortalidade e Serviços Hospitalares.

Resumo

Introdução: O enfermeiro é o profissional que realiza em sua maioria a abordagem inicial ao paciente com complicações respiratórias, sendo que estes cuidados de enfermagem são fundamentais para otimizar as intervenções e viabilizar um atendimento eficaz e resolutivo. A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma doença respiratória onde há uma limitação no fluxo aéreo e sendo ainda um achado comum em diversas enfermidades pulmonares, o diagnóstico da DPOC está relacionada as variadas alterações clínicas nos pulmões que evolugeralmente com tosse crônica e sibilância no exame físico, sendo frequente em pacientes com diferentes fatores de riscos, destacando0se entre eles o tabagismo. Objetivo: Analisar as internações por DPOC, assim como, os custos dos serviços hospitalares no estado Sergipe. Descrever os números de internações por DPOC em Sergipe no ano de 2018, os números de óbitos, os valores de custos e tempo médio de permanência, realizando assim análise dos dados obtidos. Metodologia: Trata-se de um estudo ecológico do tipo observacional, de caráter descritivo e abordagem quantitativa, que visa estudar as internações por DPOC, o tempo médio de permanência, os valores de serviços hospitalares e números de óbitos no estado de Sergipe no ano de 2018, diante disso, a coleta dos dados foi realizada no site do Datasus. Resultados e Discussões: Através do levantamento de dados do DATASUS, pode-se perceber que as internações por bronquite enfisema e outras doenças pulmonares obstrutiva crônica apresentam uma crescente significativa entre o mês de março, assim como, os óbitos no mês de fevereiro obteve mais entre o sexo feminino e em março o sexo masculino, e valores de custos hospitalares que o gasto é maior na cidade de Aracaju e menor na cidade de Estância. Conclusão: A concretização atual do estudo permitiu a compreensão sobre as internações por bronquite enfisema e outras doenças pulmonares obstrutiva crônica e a análise sobre os custos hospitalares, números de óbitos e o tempo médio de permanência hospitalar decorrentes dessa doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rubia Vanessa Gomes, Enfermeira pela Universidade Tiradentes.
Enfermeira pela Universidade Tiradentes. Estância-Sergipe, Brasil. E-mail: rubiavanessa71@gmail.com
Thais Santos Cunha, Enfermeira pela Universidade Tiradentes. Estância-Sergipe, Brasil. E-mail: thais.cunha05@hotmail.com
Enfermeira pela Universidade Tiradentes. Estância-Sergipe, Brasil. E-mail: thais.cunha05@hotmail.com
Luan Araújo Cardozo, Enfermeiro. Mestre em Biotecnologia pela Universidade Tiradentes. Professor Assistente do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes. E-mail:luan10cardozo@hotmail.com
Enfermeiro. Mestre em Biotecnologia pela Universidade Tiradentes. Professor Assistente do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes. E-mail:luan10cardozo@hotmail.com
Sr. ª Rebecca Maria Oliveira de Góis, Professor Assistente I - UNIT
Enfermeira. Mestre em Enfermagem pela Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da Universidade Federal da Bahia -UFBA. Professora Adjunta I do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes. E-mail: rebecca.gois@hotmail.com

Referências

ANGELO, Pedro. Pesquisa quantitativa e pesquisa qualitativa: qual a diferença?2019. Disponível em: https://blog.opinionbox.com/pesquisa-quantitativa-e-pesquisa-qualitativa-qual-a-diferenca/. Acesso em: 15 de nov. de 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento de informática do Sistema Único de Saúde – DATASUS. Informações populacionais e do sistema de internações hospitalares. Disponível em: 76 http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=02. 2015.

BRASIL. Secretaria de Vigilância em Saúde- Ministério da Saúde. Perfil da morbimortalidade por doenças respiratórias crônicas no Brasil, 2003 a 2013. Boletim Epidemiológico, 2016.

COSTA, Alba Rossana Vieira et al. O enfermeiro e a sistematização do cuidado ao paciente portador de DPOC. II CONBRACIS. Universidade Estadual da Paraíba, 2017.

DATASUS. Departamento de informática do SUS. Bronquite crônica causa 40 mil mortes a cada ano, revela dados do DATASUS. 2014. Disponível em: http://datasus.saude.gov.br/noticias/atualizacoes/564-bronquite-cronica-causa-40-mil-mortes-a-cada-ano-revela-dados-do-datasus. Acesso em: 25 de nov. de 2019.

FREITAS, Ana Luísa M. et al. Estudo de Prevalência do Diagnóstico de DPOC em Paciente internados com Cardiopatia Isquêmica num Hospital Universitário. 2016.

GONÇALVES-MACEDO, Liana et al. Tendências da morbidade e mortalidade da DPOC no Brasil, de 2000 a 2016. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 45, n. 6, p. e20180402-e20180402, 2019.

LAURINDO, Josiane A. et al. Cuidados de enfermagem em um portador da doença pulmonar obstrutiva crôncia em oxigenioterapia domiciliar: um estudo de caso no bairro Ponte da Aldeia, Manhuaçu (MG). Anais do Seminário Científico da FACIG, n. 3, 2018.

LOIOLA, Gilson Fernando Gonçalves et al. Perfil Epidemiológico de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica em um hospital de Teresina-Piauí. XVII Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, XIII Encontro Latino Americano de Pós-Graduação e III Encontro de Iniciação à Docência–Universidade do Vale do Paraíba. 2013.

MACHADO, Carla Jorge. Epidemiologia. Estudos ecológicos. 2015. Disponível em: https://epidemiologiaprofessoracarla.blogspot.com/2015/05/estudos-ecologicos-maioria-das.html. Acesso em: 16 de nov. de 2019.

MELO, Thais Gomes et al. Índice de hospitalização e custos associados à doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) entre estados que padronizaram versus que não padronizaram o tiotrópio dados do mundo real. J. bras. econ. saúde (Impr.), v. 10, n. 1, p. 29-35, 2018.

MSD. Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) (Bronquite crônica; enfisema). 2018. Disponível em: https://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/dist%C3%BArbios-pulmonares-e-das-vias-respirat%C3%B3rias/doen%C3%A7a-pulmonar-obstrutiva-cr%C3%B4nica-dpoc/doen%C3%A7a-pulmonar-obstrutiva-cr%C3%B4nica-dpoc. Acesso em: 25 de nov. de 2019.

NOGUEIRA, D. L. Avaliação do conhecimento dos enfermeiros da rede de atenção em saúde do município de Botucatu sobre DPOC. Dissertação [mestrado]-Universidade Estadual Paulista “Julio Mesquita Filho”, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2016.

RABAHI, Marcelo Fouad. Epidemiologia da DPOC: enfrentando desafios.2013. Disponívelem:http://www.sopterj.com.br/wpcontent/themes/_sopterj_redesign_2017/_revista/2013/n_02/full.pdf. Acesso em: 10 de nov. de 2019.

SILVA, João Victor Farias et al. Perfil da morbidade hospitalar por doenças respiratórias na infância de 0 a 9 anos na cidade de maceió–al no período de 2008 a 2014. Caderno de Graduação-Ciências Biológicas e da Saúde-UNIT-ALAGOAS, v. 3, n. 3, p. 43, 2017.

SILVA, Horácio Dornelles Fogaça. Tendência temporal de internação por doença pulmonar obstrutiva crônica em Santa Catarina, entre 2008 e 2016. Medicina-Pedra Branca, 2018.

VALVERDE, Veridyana. Atuação do Enfermeiro na Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, 2018. Disponível em: <http://www.enfermeiroaprendiz.com.br/atuacao-do-enfermeiro-na-doenca-pulmonar-obstrutiva-cronica/> Acesso em 15 de abr. de 2019.

ZOPPI, Daniel. Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica - Exacerbação Aguda na Sala de Urgência. Rev. Qualidade HC.2018.

Publicado
2020-09-07
Como Citar
Gomes, R. V., Cunha, T. S., Cardozo, L. A., & Oliveira de Góis, S. ª R. M. (2020). ANÁLISE DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS INTERNAÇÕES HOSPITALARES DE PACIENTES COM DPOC NO SUS EM SERGIPE: DO ANO DE 2018. Caderno De Graduação - Ciências Biológicas E Da Saúde - UNIT - SERGIPE, 6(2), 23. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernobiologicas/article/view/8295
Seção
Artigos