ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NO CONTROLE DA NEUROPATIA PERIFÉRICA EM PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 2

  • Tayná Santos Pimentel
  • Dayse Rosângela Santos Marques
Palavras-chave: Pé Diabético, neuropatia diabética, enfermeiro.

Resumo

O diabetes mellitus tornou-se um crescente problema de saúde pública mundial. No Brasil, o diagnóstico atinge cerca de 14,250 milhões de pessoas. Quando descompensado, pode ocasionar complicações, podendo destacar a neuropatia periférica, visto que afeta mais de 50% destes. O estudo tem como objetivo investigar a produção científica sobre a atuação do enfermeiro acerca da prevenção, diagnóstico e controle da neuropatia. Foi realizada uma revisão integrativa contemplando: identificação do tema e seleção da questão de pesquisa, estabelecimento de critérios de inclusão e exclusão, identificação dos estudos pré-selecionados e selecionados, categorização dos estudos selecionados, apresentação da síntese do conhecimento. Foram encontradas 1108 publicações. Após critérios de inclusão e exclusão, a amostra final compôs 16 artigos. A adesão aos cuidados integrativos é associada a desfechos favoráveis no tratamento e prevenção, aumentando a sobrevida e reduzindo os custos hospitalares. A prevalência mundial da neuropatia atinge 50% dos diabéticos, sendo associada a faixa-etária avançada, sexo feminino e baixo nível socioeconômico. No processo de cuidado, o enfermeiro deve atuar objetivando minimizar sequelas, baseando sua conduta em manuais, protocolos e diretrizes, visto que esses instrumentos definem as manifestações e indicam o melhor tratamento para que o cuidado seja respaldado por evidências científicas, objetivando alcançar melhores resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ACUÑA, V. R. et al. Evaluación integral de la sensibilidad en los pies de las personas con diabetes mellitus tipo 2. Revista Cuidarte, v. 8, n. 1, p.1423-1432, 1 jan. 2017.

BOELL, J. E.W.; RIBEIRO, R.M.; SILVA, D. M. G. V. da. Fatores de risco para o desencadeamento do pé diabético. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 16, n. 2, p.386-393, 30 jun. 2014.

BOTELHO, L.L.R.; CUNHA, C.C.A.; MACEDO, M. O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Revista Eletrônica Gestão e Sociedade, v.5, n.11, p.121-136, 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual do pé diabético: estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica. / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2016.

CHAMMAS, N. K.; HILL, R. L. R.; EDMONDS, M. E.. Increased Mortality in Diabetic Foot Ulcer Patients: The Significance of Ulcer Type. Journal Of Diabetes Research, v. 2016, p.1-7, 2016.

CUBAS, M. R. et al. Pé diabético: orientações e conhecimento sobre cuidados preventivos. Fisioterapia em Movimento, v. 26, n. 3, p.647-655, set. 2013.

DIAS, R. S. P.; MACIEL, M. T. C. B. Caminho percorrido por pessoas amputadas por pé diabético infectado em um hospital público. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 37, n. 4, p.800-819, 2013.

FERNANDO, M. E. et al. Lower limb biomechanical characteristics of patients with neuropathic diabetic foot ulcers: the diabetes foot ulcer study protocol. Bmc Endocrine Disorders, v. 15, n. 1, 23 out. 2015.

INSTITUTO NACIONAL DE DIABETES E DOENÇAS DIGESTIVAS E RENAIS. Neuropatias diabéticas: danos nos nervos em pessoas com diabetes. 2015. Disponível em: <http://www.niddk.nih.gov/health-information/informacion-de-la-salud/diabetes/neuropatias-diabeticas-dano-nervios-diabetes/Pages/index.aspx.> Acesso em: 02 out. 2018.

INTERNATIONAL DIABETES FEDERATION - IDF. Diabetes Atlas. 7th ed. Brussels, Belgium, 2015. Disponível em: <http://www.diabetesatlas.org/resources/2015-atlas.html>. Acesso em: 02 out. 2018.

LOPES, A. A. F. Cuidado e Empoderamento: a construção do sujeito responsável por sua saúde na experiência do diabetes. Saúde e Sociedade, v. 24, n. 2, p.486-500, jun. 2015.

OLIVEIRA NETO, M. et al. Avaliação do autocuidado para a prevenção do pé diabético e exame clínico dos pés em um centro de referência em diabetes mellitus. Journal Of Health And Biological Sciences, v. 3, n. 5, p.265-271, 2017.

PEREIRA, L. F. et al. Nurse’s actions in diabetic foot prevention: the perspective of the person with diabetes mellitus Ações do enfermeiro na prevenção do pé diabético. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, v. 9, n. 4, p.1008-1014, 31 out. 2017.

REZENDE NETA, D. S.; SILVA, A. R. V. da; SILVA, G. R. F. da. Adesão das pessoas com diabetes mellitus ao autocuidado com os pés. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 68, n. 1, p.111-116, fev. 2015.

SANTOS, G. I. L. S. M.; CAPIRUNGA, J. B. M.; ALMEIDA, O. S. C. Pé diabético: condutas do enfermeiro. Revista Enfermagem Contemporânea, v. 1, n. 2, p.225-241, dez. 2013.

SANTOS, H. C. dos et al. Escores de neuropatia periférica em diabéticos. Revista Sociedade Brasileira de Clínica Médica, v. 13, n. 1, p.40-45, 2015.

SENTEIO, J. S. et al. Prevalence of risk factors for diabetic foot development / Prevalência de fatores de risco para o desenvolvimento de pé diabético. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, v. 10, n. 4, p.919-925, 4 out. 2018.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES - SBD. A síndrome do pé diabético, fisiopatologia e aspectos práticos. 2015. Disponível em: <https://www.diabetes.org.br/ebook/component/k2/item/42-a-sindrome-do-pe-diabetico-fisiopatologia-e-aspectos-praticos >. Acesso em: 09 out. 2018.

SOUSA, L. S. N. de et al. Conhecimento do enfermeiro sobre a prevenção do pé diabético: revisão integrativa da literatura. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v. 30, n. 3, p.1-10, 29 set. 2017.

VIBHA, S. P. et al. Community based study to assess the prevalence of diabetic foot syndrome and associated risk factors among people with diabetes mellitus. Bmc Endocrine Disorders, v. 18, n. 1, p.1-9, 26 jun. 2018.

VOLMER-THOLE, M.; LOBMANN, R. Neuropathy and Diabetic Foot Syndrome. International Journal Of Molecular Sciences, v. 17, n. 6, p.917, 10 jun. 2016

Publicado
2019-03-18
Como Citar
Pimentel, T. S., & Marques, D. R. S. (2019). ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NO CONTROLE DA NEUROPATIA PERIFÉRICA EM PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 2. Caderno De Graduação - Ciências Biológicas E Da Saúde - UNIT - SERGIPE, 5(2), 213. Recuperado de https://periodicos.set.edu.br/cadernobiologicas/article/view/6626
Seção
Artigos